Canoa Quebrada: Uma Aventura No Litoral do Ceará

Não é pra fazer inveja, mas imagine trabalhar curtindo paisagens como essa de Canoa Quebrada, chato né? Tô falando de mim não.

Canoa Quebrada

O Pierre veio do Canadá com a missão de produzir um documentário sobre o nosso litoral e dar uma passadinha em Canoa Quebrada:

Na verdade eu vim aqui com a intenção de ficar 2 a 3 dias e já faz uma semana que eu tô aqui. Amanhã eu realmente terei de ir embora, mas eu não queria. Queria ficar aqui para sempre, de vez”, afirma Pierre.

O paraíso dos sonhos do canadense fica em Aracati, litoral leste do Ceará a 170 quilômetros de Fortaleza.

Antes de viajar pesquisei vários roteiros pela internet e escolhi um passeio de buggy nas praias da região para começar.

O preço é meio salgado e tabelado ou seja não adianta muito chorar o desconto, mas dá pra levar até quatro pessoas. Outra vantagem é que os motoristas fazem papel de guia e são bastante atenciosos.

Andamos entre o mar e falésias avermelhadas, cenário de filmes e novelas.

O buggy é rápido e o vento no rosto me fez esquecer do sol, o sol do Ceará meus amigos é forte, vai por mim.

Na Garganta do Diabo, a água doce brota da falésia, em outros pontos ela surge do chão.

Mais a frente, a barreira serviu de matéria prima para gigantescas esculturas.

Outra atração que faz parte do cenário típico de Canoa é a jangada. Eu decidi experimentar. São tantas praias, tantas opções de passeios, de pontos para visitar, que fica difícil encontrar um lugar com muita gente durante o dia.

Mas, quando chega a noite Canoa Quebrada tem um point. É aqui que todo mundo se encontra, na Broadway.

A rua é pequenininha, mas tem muita coisa legal: bares, restaurantes típicos de vários países, gente bonita e muita agitação.

Dormimos numa das muitas pousadas simpáticas de Canoa. A estrutura é boa, o atendimento também e o preço justo.

Saímos bem cedo para o passeio das dunas, e a essa altura já amargava as consequências de esquecer o protetor solar.

Pela frente uma imensidão de areia que chega a confundir os olhos. No passeio também dá para experimentar a tirolesa na duna e o famoso esquibunda, muito emocionante. Pra me despedir de Canoa escolhi a maior descida: 300 metros.

Praia de Morro Branco

Labirinto-das-Falesias-Morro-Branco
Labirinto-das-Falésias-Morro-Branco

Na volta para Fortaleza, um pit stop na Praia de Morro Branco. Descemos para o labirinto das falésias. A sensação é de estar em outro mundo.

Um emaranhado de corredores esculpidos pelo vento e 12 tons de areia, que dão vida ao artesanato que é símbolo do Ceará: as garrafinhas coloridas.

Canoa Quebrada segue as características de todas as praias do litoral do Ceará: a incidência constante de ventos fortes, o que favorece a prática de esportes radicais. Então, unem as condições naturais com a beleza da praia para oferecer o turismo de aventura.

Praia-de-Canoa-Quebrada Com o Simbolo

Quando os ventos sopram a favor, os voos de parapente chegam a durar de dez a quinze minutos por sobre a vasta extensão de praias, falésias e dunas. É um passeio indescritível, vale a pena vir conhecer esse pedaço de paraíso no litoral cearense.

Deixe um comentário