Ipu e Sua Majestosa Queda D’Água – A Bica do Ipu

Com sua população em torno de 48.237 habitantes (IBGE-2010), a cidade de Ipu localizada no noroeste do estado do Ceará, mais precisamente no sopé da Serra da Ibiapaba, estando a aproximadamente 300 km de Fortaleza, a capital do estado, é uma cidade de grande potencial turístico, principalmente por conta de sua majestosa queda d’água, a famosa “Bica do Ipu”, mencionada no romance Iracema do escritor José de Alencar, onde conforme o romance, a índia vinha tomar banho.

Um pouco da história de Ipu

A origem de Ipu está ligada às terras da Matriz de São Gonçalo da Serra dos Côcos (atualmente, Ipueiras) e à sede da primeira Vila (Guaraciaba do Norte), cujo povoamento foi construído em cima de um antigo cemitério indígena. A praça central, chamada pelos habitantes de “Praça da Igrejinha”, é o núcleo inicial desse povoamento, que teve seu começo no século XVII.

Igreja Matriz - Ipu
Igreja Matriz – Ipu

Em 1840/1841 a Vila Nova do Ipu Grande foi transformada em sede da Vila. Em 1885 a Vila é elevada a categoria de cidade e em 1894, após a instalação da Estrada de Ferro de Sobral, a cidade passou a crescer, urbanizar-se e prosperar.

Sua economia naquela época, baseada no comércio, principalmente o comércio algodoeiro, teve grande crescimento por causa da ferrovia, que facilitou o transporte do produto para outras regiões, aumentando o intercambio comercial com outras localidades.  Com o crescimento do comércio a cidade também cresceu significativamente. Porém, com a desativação gradativa da ferrovia, o comércio começou a declinar e a economia foi ficando estagnada.

Para completar, em 1987 o então distrito de Pires Ferreira se emancipou de Ipu  transformando-se em novo município e com isso diminuindo a arrecadação de impostos do município de Ipu.

A Feira de Confecções

Feira de Confecções no Ipu
Feira de Confecções

Nos últimos anos passou a ter uma feira de confecções chamada “Shopping do Chão”, onde são comercializadas as mais variadas confecções a preços baixíssimos e que tem gerado muito emprego e renda para a região, atraindo compradores de cidades vizinhas e até de outros estados. Esta feira acontece semanalmente às quintas feiras a partir das 17 horas.

A Bica do Ipu e outras atrações

Ficando a 636 m de altitude numa área de transição entre serra/sertão, possui um clima tropical sub-úmido com temperaturas médias anuais  oscilando entre 26 e 30 graus Celsius.

 

Ipu tem como principal atração turística uma queda d’água do Riacho Ipuçaba, chamada de “Bica do Ipu”, que se precipita de uma altura de 113 m formando um lindo “véu de noiva”, onde os visitantes costumam banhar-se. Esta queda d’água  atrai visitantes das mais diversas localidades do Ceará e até de outros estados.  Na área existe um balneário dotado toda uma infra estrutura para bem receber os visitantes, com  bar e restaurante com comidas típicas da região.  O acesso a Bica do Ipu é feito por estrada asfaltada.

Além da Bica do Ipu, a cidade oferece outros pontos que merecem visitação, como: a antiga Estação Ferroviária, hoje transformada em centro cultural, a Casa de Pedra, o Riacho São Francisco, as cachoeiras do Urubu e do Engenho dos Belém, os açudes São Bento e Bonito.

casa de pedra Ipu
casa de pedra

Cachoeira do Urubu

Cachoeira Engenho dos Belém - Ipu
Cachoeira Engenho dos Belém – Ipu
Açude São Bento - Ipu
Açude São Bento

Onde se hospedar:

A cidade dispõe de várias pousadas e hotéis, vamos sugerir duas pousadas e dois hotéis.

Pousada Queda D’Água – Rua Cel. Felix, 897 –(88) 3683.1885/(88)9 9936.3769

Pousada Nosso Recanto – Rua Cel. Felix, 1379 –(88) 3683.2311/(85)9 9973.3599

Hotel São Francisco – Praça Major Quixadá, 429 – (88) 3683.1373

Laiane Hotel – Av. José Carvalho Aragão, 232 – (88) 3683.1123

Como chegar partindo de Fortaleza:

Via CE-257 são 296 km de distância

Via BR-222 são 330 km de distância e

Via CE-085/BR-403 são 368 km de distância

Nota do editor: Os açudes e as cachoeiras ainda não estão totalmente cheios devido a grande estiagem que assola o Nordeste brasileiro, mas a Bica do Ipu já está jorrando com abundância.

 

 

Deixe um comentário