Crateús : A Reserva Natural Serra das Almas e a Caatinga

A Reserva Natural Serra das Almas é uma área de proteção ambiental do bioma Caatinga, localizada dentro do território dos municípios de Crateús no Ceará e Buriti dos Montes no Piauí. É administrada pela Associação Caatinga cuja sede fica na cidade de Crateús.

Crateús

Vista aerea de Crateus
Vista aérea de Crateus

Crateús localizada no sudoeste do estado do Ceará, numa região denominada “sertões de Crateús”, é banhada pelo Rio Poti e está a 350 km de distância da capital do estado, Fortaleza. Com uma população aproximada de 75 mil habitantes, Crateús é a décima terceira cidade mais populosa do estado. Local de clima seco com temperaturas médias acima de 30 graus.

Seu povoamento inicial pelos portugueses e bandeirantes  começou no século XVII, quando na época do ciclo econômico da carne seca  e charque, se destacou como entreposto comercial entre o Piauí e o Ceará, devido ao acidente geográfico entre a Serra Grande e a de Ibiapaba, que facilitava o tráfego entre os dois estados.

Até o ano de 1880, era integrante o estado do Piauí, quando foi anexada  ao estado do Ceará por conta de um problema de litígio entre os dois estados. Com a expansão da estrada de ferro Sobral-Camocim para o Piauí em 1911, o território de Crateús foi cortado pela ferrovia e, em 1912 foram construídas no município duas estações de trem: Crateús e Sucesso e depois outras estações foram sendo construídas.

Devido a uma depressão geográfica, o Canyon do Rio Poti, uma conexão natural entre o Ceará e o Piauí, o mercantilismo entre os dois estados e o crescimento ao redor da estrada de ferro, a cidade de Crateús desenvolveu-se como centro urbano e comercial.

Cânion Rio Poti - Crateús-CE
Cânion Rio Poti – Crateús-CE

Atualmente Crateús é uma cidade com bons hotéis, teatro, agências bancárias,  e diversos outros serviços, além de um intenso movimento comercial com as cidades vizinhas e com o estado do Piauí. A economia está baseada na agricultura: algodão, feijão, milho, mamona, castanha de caju; pecuária: bovinos, caprinos,  ovinos, suínos e avícola.  A cidade também possui pequenas indústrias que são fontes geradoras de empregos na região.

Alguns  pontos turísticos que merecem ser visitados:

– os Açudes Carnaubal e Realejo;

–  a Reserva Natural Serra das Almas;

– o Cânion do Rio Poti (ver post).

Açudes  Realejo e Carnaubal

Açude Realejo Crateus
Açude Realejo – Crateús

Este reservatório de água fica no distrito de Realejo a 18 km da sede do município e é utilizado para agricultura irrigada e também como balneário da cidade nos finais de semana. Já o açude Carnaubal é de  maior  porte  e é o principal abastecedouro  de água para a população de Crateús.

Reserva Natural Serra das Almas

Serra das Almas- Tucuns
Serra das Almas- Tucuns

A Reserva Natural Serra das Almas está localizada a 50 km de Crateús na localidade chamada Serra dos Tucuns. Sua preservação e administração  é mantida pela Associação Caatinga, uma organização não governamental (ONG), criada para proteger e conservar o bioma Caatinga, que é único no mundo e tem sido agredido e devastado ao longo dos anos.

Ocupando uma área de 6.146 hectares numa região litigiosa entre o Ceará e o Piauí, a Reserva Natural Serras das Almas, abriga 237 espécies de aves, 45  de mamíferos, 44 de répteis, 34  de anfíbios, 76 de formigas, 93 de aranhas e 419 de espécies de plantas, já catalogados.

Logo que se chega à reserva, é possível se encantar com diversas espécies de pássaros de cantos e cores variadas. Ao  penetrar na reserva, já dá para ver saguis e macacos-prego saltitando nos galhos das árvores. Também é possível ver outras espécies animais, mas vai depender de ficar esperando por longas horas, pois muitos animais têm hábitos noturnos.

Veja este vídeo com alguns exemplares da fauna da Serra das Almas.


Alguns animais que existem na Reserva Natural Serra das Almas:

Répteis: Jacaré do papo amarelo, cascavel, jararaca, cobra coral, teiú, iguana;

Aves: Urubu-rei, gavião, carcará, paturi-preto, pica-pau anão, bico-virado, seriema, jacu-verdadeiro, juriti-azul, caburé, pica-pau-branco, arapaçu, siriri, gibão-de-couro, cancão, galo-de-campina;

Mamíferos: Sagui, macaco-prego, tatu-peba, tatu-bola, cateto, tamanduá-mirim, cachorro-do-mato, preá, cotia, guaxinim, gato-maracajá, onça-parda, jaguatirica e veado (esses três últimos ameaçados de extinção).

Onça-parda (Puma concolor)
Onça-parda (Puma concolor)- Serra das Almas
Jaguatirica - Serra das Almas
Jaguatirica – Serra das Almas
Tatu-Bola -Serra-das-Almas
Tatu-Bola -Serra-das-Almas

Algumas plantas encontradas na Serra das Almas:

Árvores: Mororó, juazeiro,  pau-d’arco, jaborandi, aroeira, jurema-preta, sabiá, jatobá, espinheiro.

Cactos: Mandacaru, xique-xique, coroa-de-frade e bromélias popularmente chamadas de macambiras e croatás.

Em certos trechos da Reserva Natural Serra das Almas, há vegetação de grande porte e que nunca foram devastadas. Trata-se da Mata Seca, uma variação da Caatinga e que se desenvolve em locais acima dos 700 metros de altitude. Outro bem natural que nasce na área litigiosa  é o Rio Poti e cujo curso d’água  atravessa a reserva.

Existem quatro trilhas que podem ser percorridas pelos turistas, após agendamento junto a administração da reserva. As terras integram uma Reserva Particular do Patrimônio Nacional (RPPN), adquirida pelo americano Samuel Johnson, como meio de proteger e conservar o bioma Caatinga.

Infraestrutura

Existem duas estruturas para atendimento aos visitantes:

Centro de Visitantes na sede da reserva, com alojamento para 20 pessoas, cozinha, refeitório, academia ao ar livre, área de convivência e trilhas. Este local é ideal para os aventureiros que gostam de uma caminhada pelas três trilhas ecológicas (do macaco, do lajeiro e das arapucas) para observação da aves e contato com a natureza.

reserva natural serra das almas
Reserva Natural Serra das Almas

A outra estrutura é o Centro Ecológico Samuel Johnson, com auditório para 30 pessoas, alojamento para 22 pessoas, cozinha, refeitório e um viveiro de mudas de plantas da caatinga. É ideal para visitas escolares. Possui uma trilha de 11 km que liga o CDA à sede da reserva, além da trilha da Encosta e trilha do açude.

Como agendar as visitas:

O agendamento deve ser feito com 4 dias de antecedência.

O interessado preenche formulário de visitas e paga as taxas de visitação.

Maiores informações pelo telefone (88) 3691-8671 ou reserva@acaatinga.org.br ou crateus@acaatinga.org.br

Obs.; O local de partida é a partir de Crateús.

 

Onde se hospedar em Crateús

– Oriente Plaza Hotel – Rua Firmino Rosa, 920 –Centro Tel. (88) 3691-0311

– Spazio Hotel – Rua José Albano, 1216 – Planalto – Tel. (88) 3691-1274

– Cavalcante Park Hotel – R. Santos Dumont, 66 –Centro – Tel.(88) 3691-4000

– Hotel Laianny – R. Dom Pedro II, 1100 –Centro Tel.(88) 3691-1722

 

Como chegar em Crateús

Partindo de Fortaleza pegue a BR-020/BR-226 (via Independência), BR-020/CE-257/CE-176 (via Santa Quitéria).

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário